Doença periodontal pode agravar infecção pelo Coronavírus?

Doença periodontal pode agravar infecção pelo Coronavírus?

Segundo matéria publicada pela agência Fapesp (agencia.fapesp.br) em 26/03/2021, pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP) detectaram, pela primeira vez, a presença do novo coronavírus na gengiva de pacientes com Covid-19 que faleceram em decorrência da infecção.

Essa descoberta, do SARS-CoV-2 na gengiva também corrobora a hipótese de que a inflamação do tecido gengival, chamada de periodontite, aumenta o risco de apresentar quadros graves da Covid-19, avaliam os pesquisadores.

Isso porque pessoas com periodontite têm maior secreção do fluido gengival que compõe a saliva. Além disso, comorbidades como diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares e síndrome metabólica, fatores que podem contribuir para um pior prognóstico de Covid-19, estão altamente associadas à doença periodontal.

“Uma vez que o SARS-CoV-2 infecta o tecido periodontal, a maior secreção de fluido gengival eleva a carga do vírus na saliva”, afirma Matuck.”

“A presença do SARS-CoV-2 no tecido periodontal pode ser um dos fatores que contribuem para a presença desse vírus na saliva de pacientes infectados e demonstra que as origens do novo coronavírus em gotículas salivares não são somente as vias respiratórias”, disse Bruno Fernandes Matuck, um dos pesquisadores do estudo, à Fapesp.”

Antes do surgimento do SARS-CoV-2, outros poucos vírus, como da herpes simples (HSV), o Eptein-Barr (EBV) e o citomegalovírus humano (HCMV) já tinham sido detectados em tecidos gengivais.

As possíveis fontes de infecção podem ser as células epiteliais da gengiva, expostas à cavidade oral, e a migração desses vírus pela corrente sanguínea.

Em razão da alta infecciosidade do SARS-CoV-2 em comparação com outros vírus respiratórios, os pesquisadores levantaram a hipótese de que o novo coronavírus poderia se replicar na cavidade bucal e, dessa forma, aparecer na saliva.

Em resumo a Doença Periodontal pode Agravar Infecção Pelo Coronavírus?

Segundo os autores a detecção do SARS-CoV-2 na gengiva corrobora a hipótese de que a periodontite aumenta o risco de apresentar quadros graves de COVID-19.

Além disso, esse achado pode indicar que as gotículas salivares responsáveis pela transmissão do vírus podem ter como origem não somente as vias aéreas.

Fonte: Agência Fapesp

Siga-nos nas redes sociais:
Facebook
Instagram
Youtube


Pessoas que leram este artigo, leram também: