Dentista na Mooca

Horário das 8h as 18h

(Segunda à Sexta)

Periodontite

As maiores causas de Periodontite

Periodontite é uma doença oral muito grave que atinge uma taxa muito grande entre os adultos, 50% sofrem com a periodontite, número assustador, porém muito comum. Conhecida como piorréia, trata-se de uma doença infecciosa e bacteriana, que pode levar a perda dos dentes. Importante tratar a tempo para não avançar o quadro. E a única coisa a se fazer para evitar o aparecimento dela é a PREVENÇÃO! Trata-se de uma doença comum e silenciosa. Portanto qualquer suspeita, alteração nas gengivas e nos dentes deve-se procurar um dentista para fazer uma avaliação.

As maiores causas da periodontite são: falta de higienização correta e adequada e a não utilização diária do fio dental. Quando a gengivite (infecção e inflamação das gengivas) não é tratada a tempo – doença causada pelo acúmulo de tártaro nas gengivas – provoca a periodontite, afetando a parte óssea e consequentemente a perda dos dentes. A periodontite é considerada umas das principais doenças de perda de dente em adulto. Lembrando que isso não ocorre na infância, mas se não acompanhar a higienização no decorrer do tempo, ainda na adolescência poderá sofrer com essas consequências.

Existem alguns fatores além da gengivite que aumentam o risco disso se desenvolver: maus hábitos da saúde bucal, diabetes, cigarro, stress, baixa imunidade, idade avançada, má nutrição, gestantes, portadores de HIV, pessoas que sofrem com depressão, excesso de medicação, predisposição genética e pessoas que fazem tratamento para o câncer. Mas também não basta apenas uma boa escovação, a visita anualmente ao dentista e uma limpeza profissional é fundamental.

Os sintomas são muito parecidos com a gengivite, os sinais que podem caracterizar a periodontite são:

– Mau hálito forte;
– Aftas;
– Formação de espaço entre a gengiva e o dente;
– Sangramento na gengiva com apenas um leve toque;
– Pus entre o dente e a gengiva;
– Dor na gengiva;
– Gengiva inchada, sensível;br
– Gengiva muito vermelha ou roxeada.

Quando notar qualquer um desses sintomas, deve-se procurar o quanto antes um profissional para inicializar o tratamento e assim ter grandes chances de reverter o quadro e não danificar tanto os dentes, evitando o risco de até perdê-los.

O dentista analisa durante o exame as gengivas para avaliar se existe a doença periodontite e que grau se encontra. Importante fazer um exame de Raio-X para avaliar melhor a gravidade do problema. Caso confirmado o dentista poderá encaminhar seu paciente para o periodontista que é o especialista na área, que cuida da prevenção e doenças periodontais.

O tratamento consiste numa raspagem e alisamento radicular. A raspagem é a remoção do tártaro eliminando todo resto de alimento acumulado entre o dente e a gengiva. Nem sempre apenas essa limpeza é o suficiente.

Existem vários estágios da doença: a periodontite agressiva, periodontite crônica, periodontite apical aguda, periodontite juvenil e a periodontite ulcerativa necrosante. Para todas existe tratamento, para os casos mais graves poderá ser necessário o uso de medicação (antibiótico) ou até mesmo uma cirurgia para a diminuição das bolsas periodontais. Depois de finalizado o tratamento é de real importância dar continuidade às visitas ao dentista e priorizar sempre a higiene bucal.

Uma das dúvidas é saber se existe cura para a periodontite. Se não estiver num grau muito avançado, o quadro pode ser revertido depois do tratamento. Porém é necessário acompanhar sempre por um profissional periodicamente. Já para os casos com o grau mais avançado é incurável. Mas existe tratamento para minimizar e tratar, e o acompanhamento no dentista a cada 3 meses se torna necessário.

Quando surge a periodontite, a gengiva fica mais sensível ao escovar os dentes mesmo com uma boa escova de dente macia, a gengiva tende a sangrar. Ocorre o mesmo ao passar o fio dental, é extremamente necessário prosseguir com a higienização correta, para não agravar a doença.

Outras dúvidas, nos contatem para mais informações.
Agende sua consulta via WhatsApp: (11) 97755-6501
Ligue para nós: (11) 2272-5449

Artigos Relacionados:

Agendar Consulta