Dentista na Mooca

Horário das 8h as 18h

(Segunda à Sexta)

Mitos e verdades sobre clareamento dental

Mitos e verdades sobre clareamento dental

5 Mitos e verdades sobre clareamento dental

Mito. Existem restrições para realizar o procedimento de Clareamento Dental, pessoas menores de 15 anos, gestantes, pacientes com grandes restaurações, caries, próteses ou coroas, pacientes com qualquer tipo de doença bucal não podem realizar o branqueamento. O Dentista deve sempre estar atendo para avaliação de cada caso.

Existem restrições alimentares durante o tratamento o clareamento dos dentes?

Verdade. Durante o tratamento o paciente recebe toda orientação do profissional para evitar o consumo de alguns tipos de bebidas e alimentos para não interferir no resultado do branqueamento. São eles, bebida a base de cola e ricos em corantes, café, chás escuros, vinho tinto, beterraba, açaí e chocolate. O cigarro também deve ser evitado e o paciente ciente que o branqueamento no fumante não terá o mesmo sucesso nos que nunca fumaram. Portanto, bons hábitos, antes, durante e após o procedimento são indispensáveis para um melhor resultado e para maior durabilidade dos dentes brancos.

Fazer clareamento dental deixa os dentes sensíveis para sempre?

Mito. O clareamento dental não deixa os dentes sensíveis, o que acaba ocorrendo em alguns casos é que existem dentes que por natureza são mais sensíveis do que os outros, e o que pode acontecer durante o tratamento é uma pequena sensibilidade nesses dentes, mas que após alguns dias desaparecem. Cada caso é um caso, varia muito de um paciente para paciente, portanto dizer que o clareamento deixa os dentes sensíveis não é uma regra geral. Não precisa de medicamentos quando sentir essa sensibilidade seja ela após aplicação ou no consumo de coisas frias. Apenas esperar, vai passar!!!

O clareamento dental pode ter o risco de ficar com resultado artificial?

Mito. O clareamento seja ele feito no consultório ou o método caseiro com a moldeira acompanhado pelo profissional não fica com aspecto artificial. Muitos ao fazer o tratamento ficam na expectativa de ter os dentes branquinhos, por isso à importância do especialista esclarecer todas as dúvidas do seu paciente e salientar que o clareamento atinge 2 a 3 tons mais claros que os dentes atuais. No consultório na avaliação é muito importante o paciente mostrar o tom do branco que deseja e o dentista mostrar para seu paciente o tom que ele irá conseguir atingir após o termino do tratamento. Nem sempre o que o paciente sonha é ideal ou por alguns fatores não se consegue alcançar. Os pacientes que tem restrições para fazer o clareamento dental e mesmo assim insistir ou fazer por conta própria ou por um profissional não adequado pode ter o risco sim de ter o clareamento com resultados trágicos, com manchas e prejudicar sua saúde bucal e artificial. A importância de o profissional ser de confiança é essencial, uma vez que seus dentes clareados nunca mais voltam a ser o mesmo da sua cor inicial.

O clareamento dura para sempre?

Mito. Em média um clareamento dental dura 2 anos, mas não tem como o especialista garantir essa duração ao seu paciente, existem vários fatores que contribuem para alterar a cor do seu dente. Se o paciente seguir todas as orientações a ele repassadas sobre a higienização adequada, hábitos alimentares com certeza o clareamento dura essa média. Com o passar do tempo, é inevitável, os dentes voltam a se pigmentar, se novamente o retoque do clareamento for bem feito o resultado será mais uma vez satisfatório. Deixando sempre o aspecto de dentes limpos, lindos e saudáveis.

Outras dúvidas, nos contatem para mais informações.
Agende sua consulta via WhatsApp: (11) 97755-6501
Ligue para nós: (11) 2272-5449

Artigos Relacionados:

Agendar Consulta