Dentista na Mooca

Horário das 8h as 18h

(Segunda à Sexta)

Covid-19 e Saúde Bucal

Covid-19 e Saúde Bucal

Covid-19 e Saúde Bucal – Como minimizar problemas odontológicos durante a quarentena?

A pandemia mundial de Covid-19, decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), alterou a rotina dos brasileiros, que agora devem evitar aglomerações e redobrar a higiene pessoal. Nesse contexto, é importante ressaltar que as pessoas devem ficar ainda mais atentas aos cuidados com a saúde bucal. O isolamento social faz parte das recomendações do Ministério da Saúde.

A primeira orientação a um eventual problema com os dentes é avaliar a real urgência do caso. Só se deve buscar atendimento odontológico em caso de urgência ou emergência.
Segue algumas dicas simples que podem ajudar a evitar a necessidade de deslocamento a uma clínica ou consultório odontológico:

Não podemos negligenciar a higiene bucal diária, que é essencial para evitar o surgimento de cáries, problemas periodontais e mau hálito, além de problemas mais graves. A higiene deve ser feita com escovas macias, creme dental, e fio dental adequado. Lembrando que a escovação deve ser feita pela manhã, após as refeições e antes de dormir.

Procure manter uma dieta saudável e equilibrada. Alimentos doces e ácidos podem ser consumidos numa frequência menor, minimizando o risco de problemas. Apertamento dos dentes é algo comum diante de situações estressantes, por isso como sugestão para minimizar a ansiedade, procure relaxar com uma boa leitura, exercícios físicos, boa música e evitar exposição excessiva a notícias ruins.

Quando surgir um problema odontológico, entre em contato com o seu dentista, isso pode ser feito via teleconferência ou via WhatsApp. Evite a automedicação ou tentar resolver o problema sem orientação profissional, isso poderá desencadear outros problemas.

Nos casos de emergência ou urgência, entre em contato previamente com o seu cirurgião-dentista para avaliar a necessidade de atendimento odontológico e informe se nos últimos 14 dias apresentou algum sintoma como febre, coriza, tosse, dor de garganta e falta de ar. Após o contato, o profissional saberá como conduzir o caso e orientá-lo sobre a melhor providência a ser tomada.

Situações de dor, fraturas dentárias e alterações gengivais mais severas são indicativos de uma consulta de emergência. Em caso de atendimentos, as clínicas e consultórios devem seguir rigorosamente as normas de biossegurança para evitar a propagação do novo coronavírus.

Outras dúvidas, nos contatem para mais informações.
Agende sua consulta via WhatsApp: (11) 97755-6501
Ligue para nós: (11) 2272-5449

Artigos Relacionados:

Agendar Consulta