Dentista na Mooca

Horário das 8h as 18h

(Segunda à Sexta)

Cárie Dentária

Cárie Dentária – O que causa e como prevenir?

A cárie dentária é uma doença causada por tipos específicos de bactérias, elas transformam açúcares em ácidos que atacam o esmalte do dente.

Se a cárie dentária não for diagnosticada e tratada precocemente, pode levar a problemas mais sérios como cavidade nos dentes, mau hálito, abcessos dentários (coleções de pus), alteração do Ph bucal, tratamento de canal e em alguns casos mais avançados até perda do elemento dental.

Qual a causa da cárie dentária?

Na cavidade bucal temos bactérias nocivas, que se não controladas devidamente, formam uma película sobre o esmalte dos dentes chamada placa bacteriana.

Ao ingerir alimentos e bebidas ricos em açúcar e carboidratos, as bactérias produzem a energia necessária para sua proliferação, se depositam sobre a superfície dental e produzem ácido que ataca o esmalte do dente.

Se não diagnosticada e tratada, a cárie promove uma cavitação no dente e pode alcançar a dentina; em se tratando de uma camada mais macia do dente, a evolução da cárie dentária é acelerada podendo atingir a camada mais central e interna do dente que contém vasos sanguíneos e nervos (polpa dentária).

Neste estágio, a polpa do dente estará exposta a bactérias, causando dor e/ou abcesso dentário, causando uma infecção do dente e do tecido ósseo ao redor dele.

Quais são os principais sintomas da cárie dentária?

Em sua fase inicial a cárie é assintomática, porém a medida que evolui pode apresentar os seguintes sintomas:

dor de dente contínua, dor aguda pontual e/ou difusa sem causas aparentes.
sensibilidade dentária – você pode sentir sensibilidade na ingestão de alimentos doces, frios e/ou quentes.
manchas nos dentes, na maioria das vezes acinzentada.
mau hálito.
gosto ruim na boca.
“Menos é mais”, essa é uma tendência aplicada na Odontologia Moderna – menos é mais, ou seja nos estágios iniciais a cárie dentária é muito mais fácil e barata de tratar.

Para esse diagnóstico precoce de possíveis cáries dentárias na atualidade são indicados Check-ups Digitais, que compreende a utilização de equipamentos que permitem a visualização dos dentes em grande aumento e a realização de radiografias digitais quando necessária.

A indicação é que o check-up seja realizado a cada seis meses.
A cárie dentária em estágio inicial, ou seja antes que ocorra uma grande cavidade no dente, pode ser revertida por:

reduzir a ingestão de alimentos e bebidas açucarados.
escovar os dentes após as refeições com creme dental com flúor.
Além disso, o dentista poderá realizar aplicação tópica de flúor. A literatura relata que o flúor ajuda a proteger os dentes, fortalecendo o esmalte, tornando os dentes mais resistentes aos ácidos produzidos pelas bactérias que podem causar cáries.

Nos casos de cáries dentárias em estágios mais adiantados, os tratamentos são mais invasivos, isso envolve remoção do tecido cariado e preenchimento da cavidade com material restaurador. Em alguns casos pode ser necessário o tratamento de canal, ou seja remover a cárie que atinge a parte mais interna e central do dente, região onde temos vasos e nervos (polpa dentária).

Geralmente nesses casos mais avançados o dente já se encontra num elevado grau de destruição, o que muitas vezes indica a realização de coroas protéticas ou implantes.

Embora a incidência de cárie dentária seja elevada, medidas preventivas são altamente eficientes.

Segue algumas dicas de prevenção de cárie dentária:

– visite o seu dentista a cada 6 meses.
– reduza a ingestão de alimentos ricos em açúcar e carboidratos.
– priorize sempre a escovação na sua rotina diária.
– em caso de boca seca persistente, o risco de incidência de cárie dentária é maior, por isso procure ajuda do dentista ou médico para identificar a causa do distúrbio e encaminhar o tratamento. Previna hoje para sorrir sempre!! 😊

Outras dúvidas, nos contatem para mais informações.
Agende sua consulta via WhatsApp: (11) 97755-6501
Ligue para nós: (11) 2272-5449

Artigos Relacionados:

Agendar Consulta