Descoberta proteína ligada a alterações no osso causadas pela perda dental

Descoberta proteína ligada a alterações no osso causadas pela perda dental

Segundo matéria publicada pela agência Fapesp (agencia.fapesp.br) em 04/01/2021, a extração de um dente impacta toda a arcada dentária, já que a mastigação e a oclusão precisam ser adaptadas. Por consequência, essas alterações causam sobrecarga e alterações ósseas no suporte de outros dentes, colocando-os também em risco.

Pesquisadores da FOP-Unicamp (Faculdade de Odontologia de Piracicaba da Universidade Estadual de Campinas) descobriram a explicação celular para esse problema ainda pouco explorado: quando se extrai um dente, além da sobrecarga nos dentes vizinhos, ocorrem alterações nas células do tecido ósseo que sustenta os dentes.

De acordo com estudo publicado na revista Frontiers in Physiology, a proteína beta catenina passa a ser expressa quando um dente é extraído. Isso acarreta mudanças que levam a maior sobrecarga no osso que sustenta os dentes vizinhos. Sem o suporte adequado, esses dentes ficam prejudicados e, assim, podem ser perdidos também.

“A alteração mecânica da mastigação provoca também mudanças celulares no osso alveolar [que suporta os dentes]. Quando o ambiente mecânico se altera, a proteína ?-catenina é produzida.

Isso evidencia a hipótese deste estudo de que a perda dental é uma alteração significativa, capaz de provocar mudanças no estímulo mecânico para o osso alveolar que suporta os dentes que restaram na boca”, diz Ana Cláudia Rossi, autora do estudo e que coordena, juntamente com Felippe Bevilacqua Prado e Alexandre Rodrigues Freire , o Laboratório de Pesquisa em Mecanobiologia da FOP-Unicamp.

Rossi ressalta que a descoberta reforça que a retirada de um dente não resulta apenas em um problema meramente estético ou em alterações na oclusão e mastigação de um indivíduo. “A análise biomecânica por simulação computacional mostrou que a extração de um dente acarreta mudanças no ambiente de microdeformações do osso alveolar e em toda a arcada dentária, ocasionando problemas em série.

Além disso, se nenhum tratamento for feito, como, por exemplo, um implante dentário, ocorrem ainda alterações no comportamento alimentar e perdas consideráveis na qualidade de vida do indivíduo”, afirma.

Como artigo citou são vários os danos que surgem com a perda dental, por isso preserve os dentes, inclua bons hábitos de dieta e de higiene oral na sua rotina diária e visite regularmente o seu dentista! Assim você vai garantir um sorriso lindo e saudável.

Fonte: FAPESP

Siga-nos nas redes sociais:
Facebook
Instagram
Youtube


Pessoas que leram este artigo, leram também: